10/06/2022 10h26 - Atualizado em 22/06/2022 15h07

Dia do Policial Civil será comemorado neste domingo (12)

Neste domingo (12) será celebrado em todo Estado o Dia do Policial Civil.  A data é reservada para agradecer a todos os servidores que dedicam suas vidas em prol da sociedade e exaltar o Patrono da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), Domingos José Martins, pelos seus feitos como líder da Revolução Pernambucana.

 

O delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, destaca a importância do trabalho heroico prestado pelos policiais civis, ativos e aposentados. “A profissão de policial civil é sublime! Ele tem a função de investigar crimes e identificar seus autores, fazendo com que respondam por seus atos. A função de proteger a sociedade, essa é investida por Deus, portanto a nobreza da função está no servir ao outro. Parabéns ao policial civil capixaba que exerce suas atribuições com zelo e presteza a toda população do nosso Espírito Santo!”

À frente das Delegacias de Polícia (DP) de Pinheiros, Montanha, Mucurici e Porto Belo, o delegado Eduardo Mota falou sobre o que a profissão representa para ele: “ser policial civil é mais do que perseguir suspeitos, mas garantir a aplicação da lei em prol da comunidade, assim protegendo vidas e propriedades. Constantemente, esforço-me para garantir esse objetivo é proteger a sociedade contra a violência e desordem, respeitando os direitos de todos à liberdade, igualdade e justiça.”  

Já o agente de polícia Érico de Assis Vinícius Correa atua há 11 anos na Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), sendo 10 anos somente na de Vila Velha, onde atualmente é chefe de investigação. “Esta data é importante para refletirmos a importância do trabalho policial. Nós da delegacia de homicídios tratamos o bem mais importante: A vida! Lutamos diariamente para atender à sociedade, solucionando crimes e com isso, também, amenizamos a dor de quem perdeu um ente querido”, disse o policial.

Pensando no dia do policial civil, a Divisão de Promoção Social (DPS), programou ações com foco na valorização, reconhecimento e cuidado dos policiais civis. A equipe de assistentes sociais e psicólogas está realizando visitas às unidades com objetivo de sensibilizar os servidores em relação aos cuidados com a saúde física e mental.

O próximo evento está previsto para acontecer no dia 21 de junho, no auditório da Chefatura de Polícia, em Vitória, das 13h às 17h, e vai oferecer serviços de aferição de pressão e teste de glicemia, dicas com nutricionista, orientações de ginástica laboral, prática esportiva como contribuinte da saúde e outras dicas.

“Ampliar o evento do Dia do Policial Civil para outras Unidades de Polícia é uma forma da DPS criar ações estratégicas de prevenção com o objetivo de promover aproximação, espaço de escuta, valorização, cuidado e reconhecimento dos nossos policiais civis”, explicou a delegada chefe da Divisão de Promoção Social, Ines Loss.

Polícia Civil do Espírito Santo

A Polícia Civil do Espírito Santo é o órgão da Administração Estadual que tem por objetivo garantir a segurança e a preservação da ordem, a tranquilidade da população e seu patrimônio. Para isso, age após a ocorrência dos crimes, dedicando-se para sua elucidação e repressão.

Consta no seu quadro 2.301 policiais civis na ativa, atuando como delegados, escrivães, investigadores, agentes, peritos oficiais criminais, médicos legistas, auxiliares de perícia médico legal, psicólogos e assistentes sociais.

Investimentos

Para garantia de um serviço de excelência, o Governo do Estado tem realizado investimentos que fazem parte das medidas de enfrentamento à Violência dentro do programa Estado Presente em Defesa da Vida.  Desde 2019, a PCES recebeu mais de R$ 65 milhões em recursos, que foram aplicados na modernização da frota e dos armamentos, construção e reforma de unidades e investimento em tecnologias. Tais investimentos contribuem para a melhoria das condições de trabalho e do bem-estar físico e mental dos policiais civis.

Estão empenhados ainda mais R$ 52 milhões, totalizando R$117 milhões em investimentos nos próximos quatro anos. Para recompor o quadro da polícia civil, o Governo do Estado convocou duas turmas que vão preencher diversos cargos. São 158 alunos em formação na Academia da Polícia Civil (Acadepol), que em breve se tornarão policiais civis. Também foi assinado o contrato para realização do Concurso Público para o cargo de Delegado de Polícia.

Texto: Adriana Nascimento Amaral, Policial Civil - Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi).


Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
imprensa.pc@pc.es.gov.br


Informações à Imprensa:
Matheus Zardini / Olga Samara  
(27) 3636-1574 / (27) 99297-8693 / (27) 3636-1536 / (27) 99846-1111

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard