22/07/2021 17h50

Dois homens foram presos por envolvimento em tiroteio que matou criança em Vila Velha

Dois homens de 20 e 22 anos foram presos durante uma operação deflagrada pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha, com apoio da Guarda Municipal de Vila Velha (GMVV), nesta quarta-feira (21). Eles são suspeitos de terem envolvimento nas mortes de uma criança de cinco anos e de um jovem de 18 anos, no dia 20 de junho, no bairro Zumbi de Palmares, também em Vila Velha.

O primeiro suspeito foi preso no último dia 25 de junho, no bairro Alecrim, e, nessa quarta-feira (21), foi dado cumprimento ao mandado de prisão temporária dentro da penitenciária. O segundo foi detido na própria residência, no bairro Zumbi dos Palmares. Ambos estavam com mandado de prisão temporária em aberto e negam envolvimento nos assassinatos das vítimas.


Segundo o inspetor geral da GMVV, Thiago Nylander, a parceria entre as forças policiais é de fundamental importância para coibir esse tipo de crime. “A Guarda Municipal tem o foco de patrulhamento diário em Zumbi dos Palmares e bairros adjacentes, que são regiões com intenso tráfico de drogas e assassinatos”, disse.

De acordo com o adjunto da DHPP de Vila Velha, delegado Alan de Andrade, foram identificados sete autores nas mortes do jovem e da criança. “Foi deflagrada a operação para cumprir sete mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão domiciliar. Durante as diligências conseguimos prender dois indivíduos. Quanto aos outros cinco, estamos ainda à procura para prendê-los”, relatou o delegado.

O crime

O menino de cinco anos estava brincando na porta da casa da babá, quando foi atingido por um disparo. A criança foi socorrida para o Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória, em estado gravíssimo, e dias depois da internação, ele não resistiu e morreu. Uma mulher também foi alvejada.

O delegado explica que no dia do crime, o alvo dos disparos seria o jovem de 18 anos, que acabou sendo morto pela disputa do tráfico de drogas na região. “No dia do ocorrido, o jovem estava traficando drogas na escadaria, a criança e a mulher estavam próximas dele, mas não com ele. Os criminosos se aproximaram de uma forma de emboscada, aparecendo tanto na parte inferior da escadaria quanto na parte superior, cercando o local para matá-lo”, explicou.

“Pedimos a colaboração da população da região para que denunciem, por meio do Disque-Denúncia 181, para que possamos acabar com essa guerra de tráfico de drogas”, frisou o delegado.

 

Texto: Seção de Imprensa e Comunicação Interna (Sicoi)

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

 Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Matheus Zardini

(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard