19/09/2017 18h10

Governador assina nomeações e progressão de carreira nesta terça (19)

Oito delegados e 10 escrivães de Polícia foram nomeados, nesta terça-feira (19), pelo governador Paulo Hartung.  Eles foram aprovados no último concurso da Polícia Civil (PCES) e atuarão no lugar dos servidores que pediram exoneração do órgão ou que não tomaram posse dos cargos citados. Também foram nomeados 20 investigadores por meio de decisão judicial.

Durante a ação, também foi assinada a progressão de carreira de 498 servidores da Polícia Civil. Com isso, há uma mudança de referência dentro da mesma categoria, com um acréscimo de 2% sobre os salários. Todas são retroativas à data em que cada servidor adquiriu o direito. Ao todo, 1.331 progressões já foram realizadas ao longo do ano para servidores das diversas carreiras da PCES.

Os documentos foram assinados com a presença dos secretários de Gestão e Recursos Humanos, Dayse Lemos; de Segurança Pública, André Garcia; da Casa civil, José Carlos da Fonseca Júnior; do chefe do gabinete do governador, Paulo Roberto Ferreira; da subsecretária de Segurança Pública, Gracimeri Gaviorno; do delegado Guilherme Daré; do Subsecretário de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas e Relações Sindicais, Francisco José Carlos.

Durante a solenidade, Hartung ressaltou que, apesar da crise socioeconômica que castiga o país, o Governo do Estado segue empenhado na busca por alternativas para recompor e reforçar os quadros da Polícia Civil. “É mais um ato importante que estamos praticando no dia de hoje. São nomeações e progressões em um momento que a economia começa a emitir sinais positivos de uma tímida recuperação. O importante é que fechamos os anos de 2015 e 2016 com as contas em dia e o Estado organizado e, com isso, estamos conseguindo avançar com políticas públicas importantes”.

A secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Dayse Lemos, aproveitou para ressaltar que o processo de nomeação foi definido em consonância com o cenário econômico vivido pelo Estado e com a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“Essas nomeações reforçam o cuidado da gestão com a área da Segurança, que é uma das responsáveis pela entrega de serviços essenciais à população. Além de considerar a necessidade de repor o quadro de pessoal da Polícia Civil – que é um órgão que desempenha funções importantes – estamos atentos à realidade econômica que enfrentamos. As contratações desses profissionais trarão benefícios aos cidadãos, sem interferir no equilíbrio das contas do Estado”, destacou Dayse.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), André Garcia, essas nomeações mostram que o governo está garantindo investimento em infraestrutura e efetivo para o fortalecimento da Polícia Civil, respeitando o atual momento. "Isso só foi possível pelo esforço de organização e equilíbrio das contas do Estado e é uma demonstração da importância dada à segurança pública dos capixabas", afirmou.

O decreto com os nomes dos convocados será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (20). A partir dessa data, eles terão um prazo de 30 dias corridos para ir à Subgerência de Ingresso e Movimentação de Pessoas (Subimf), da Seger, tomar posse do cargo e de 15 dias para exercer a função.

A documentação necessária, o formulário e os procedimentos para a posse estão disponíveis no link www.seger.es.gov.br/posse-servidor-efetivo. A Subimf funciona de segunda a sexta-feira (com exceção dos feriados e pontos facultativos), das 09 às 18 horas, na Avenida Governador Bley, nº 236, Edifício Fábio Ruschi, 3º andar, Centro de Vitória.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard