21/07/2021 18h03

Homem suspeito de tentativa de feminicídio é preso pela DHPM na Bahia

Um homem de 35 anos foi preso pela equipe da Divisão de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM) no município de Helvética, na Bahia, na última quinta-feira (15). A ação se deu com o intuito de prevenir dois potenciais feminicídios que ocorreriam na Grande Vitória. A prisão teve apoio da Polícia Civil e da Polícia Militar da Bahia.

As investigações de uma tentativa de feminicídio contra uma mulher, no bairro Jabour, em Vitória, no dia 04 de junho deste ano, culminaram com a realização de diligências, em que foi constatado que, num primeiro momento, a vítima havia mentido para a polícia.    

“Ela mentiu para nós, pois teve medo que seu algoz retornasse e consumasse o crime. Entretanto, durante as investigações, ela contou a verdade e constatamos que o indivíduo tinha um histórico de violência contra mulher recorrente”, conta a titular da Divisão de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM), delegada Raffaella Aguiar.

No dia anterior ao crime, o suspeito rompeu uma tornozeleira eletrônica, descumprindo a medida cautelar pela prática de violência doméstica em face de sua ex-companheira, que conviveu dez anos junto com o indivíduo.

No outro dia, 04 de junho, ele foi ao bar onde a então namorava estava, levou ela para casa e tentou matá-la a facadas. De acordo com a delegada, durante o depoimento, o indivíduo confessou que teria tentado matar a namorada dele por ciúmes e que, de acordo com ele, havia ouvido uma conversa entre a vítima e uma amiga, falando de outros homens.

“Após ter ciência de que ele tinha descumprido a medida cautelar, comunicamos à juíza da vara da violência doméstica, que decretou a prisão preventiva dele. Em contato com a ex-mulher, constatamos que, após fugir, ele estava na Bahia e ligando para a ex-companheira e para a então namorada, praticando violências psicológicas”, conta a delegada.

Em posse das informações, a equipe foi ao município de Helvécia, na Bahia, e efetuou a prisão dele, que não resistiu. A operação teve apoio da Polícia Civil e da Polícia Militar da Bahia.

“Esta ação foi muito mais preventiva do que repressiva, para evitar que um mal maior fosse cometido contra essas duas mulheres. Quando a gente recebe uma vítima de tentativa de homicídio, intervimos, para preservar a vida dela. A gente não mede esforços para conseguir prender o homem e tirar ele de circulação para que ele não cometa o crime”, destaca a delegada Raffaella Aguiar.

Com a conclusão do Inquérito Policial (IP), ele será indiciado por tentativa de feminicídio qualificado por impossibilidade de defesa da vítima. Como a prisão ocorreu na Bahia, foi realizado o recambiamento, transferência de presos, para o Espírito Santo, onde ele foi ouvido e ficou à disposição da Justiça.

 

Texto: Matheus Zardini

 Assessoria de Comunicação Polícia Civil

 

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

 Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Matheus Zardini

(27) 3636-1536(27) 99846-1111/

(27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard