08/04/2019 18h15

“Papo de Responsa” atende 680 alunos em escolas de Serra, Viana e Vila Velha

Seiscentos e oitenta alunos do 8º e 9º anos do ensino Fundamental II e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio de escolas dos municípios da Serra, Viana e Vila Velha foram atendidos pela equipe do projeto “Papo de Responsa”. As ações aconteceram nos dias 1º, 04 e 05 de abril.  Representantes das secretarias municipais, além de professores, pedagogos e diretores das escolas, também participaram dos encontros. 

Na última sexta-feira (05), a equipe do Papo de Responsa visitou a Emef Leonel de Moura Brizola, no bairro Santa Rita, em Vila Velha. Na quinta-feira (04) esteve na Emef Feu Rosa, no município da Serra e no dia 1º visitou a Escola em Tempo Integral Ewerton Montenegro Guimarães, em Viana.

De acordo com a investigadora de polícia e integrante da equipe do Papo de Responsa, Danielle Leonel, antes das ações foi realizada uma reunião de planejamento com os responsáveis e educadores das escolas. “Os gestores foramconvidados para realizar definições das ações do projeto. Já com os professores, a reunião ocorreu para abordar as temáticas aplicadas durante os atendimentos”, explicou.

Daniele Leonel relatou sobre a vivência do projeto nas escolas. “É interessante frisar que na Emef Feu Rosa, nós realizamos atendimentos para alunos da Educação de Jovens e Adultos, que são pessoas de várias idades que estavam fora da escola há muito tempo. Isso tem um impacto muito positivo na validação do protagonismo. Nós abordamos sobre a importância do ambiente de ensino e eles absorvem isso com muita verdade e entusiasmo”, contou. 

A investigadora disse ainda que em todas as instituições foram abordados temas como bullying, falta de protagonismo, banalização da falta de respeito na escola, falta de presença da família, autoflagelo, envolvimento com o tráfico, entre outros. “Esses jovens estão em uma área de vulnerabilidade e aceitam todos os rótulos que são impostos a eles. Muitos sentem vergonha da família ou por estudar em escola pública e negam a sua própria identidade. Então, quando nós abordamos a situação e contamos nossa história, fazemos com que nosso uniforme seja algo além. Eles percebem que é possível que ter identidade e conseguem ter uma visão da realidade que eles vivem de uma forma diferente e positiva”, relatou

Agenda

Durante toda a semana a equipe do Papo de Responsa continuará com os atendimentos. Nesta segunda-feira (08), o projeto atendeu a Emef Paulo Freire, no bairro Vista da Serra II.  Já nesta terça-feira (09), os atendimentos acontecerão pela manhã, na Escola em Tempo Integral Maria Penedo, no bairro Itacibá, em Cariacica e à tarde na Emef Hélio Ferraz, no bairro Hélio Ferraz, na Serra.

Na quarta-feira (10), também na Serra, a escola do bairro Planalto Serrano, Emef João Calmon será atendida pelo projeto. Já na quinta-feira (11), o encontro ocorrerá na Emef Maria Estela Modene, no bairro Laranjeiras.

Por fim, na sexta-feira (12), o Papo visitará as escolas Macionilia Maurício Bueno, no bairro Ilha das flores; Saturnino Rangel Mauro, localizada em Vila Batista e também na escola Antônio Bezerra de Faria, no bairro Vila Garrido, todas situadas em Vila Velha.

 

Texto: Fernanda Pontes

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

Atendimento à Imprensa

Olga Samara - (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111

Patrick Pereira - (27) 3636-9928/ (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard