02/01/2019 17h09 - Atualizado em 21/05/2019 17h41

Polícia Civil apreende mais de meia tonelada de maconha em Cariacica

A equipe da Delegacia Especializada de Crimes Contra Transportes de Cargas (DCCTC) apreendeu nessa terça-feira (1º) 523 kg de maconha, divididos em 615 tabletes. A droga estava sendo transportada em um caminhão que vinha de Goiás com destino a Guarapari e estava sendo conduzido por M.S., de 46 anos, e I.L.F., de 37 anos. A apreensão ocorreu no bairro Nova Valverde, em Cariacica. O resultado da operação foi apresentado nesta quarta-feira (02), durante coletiva de imprensa, em Vitória.

 “Essa apreensão é resultado da intensificação dos trabalhos da Polícia Civil em razão do Plano Verão. A estrutura financeira do tráfico de drogas sofrerá um forte impacto por não ter essa droga em circulação. O mais importante de todo esse trabalho foi a interrupção do ciclo do tráfico. O resultado dessa ação significa que estamos no caminho certo”, ressaltou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

De acordo o responsável pela DCCTC, delegado Gabriel Monteiro, a operação teve início com uma denúncia. “Em meio aos trabalhos do Plano Verão, nós recebemos informações acerca de uma carga roubada de eletrodomésticos. Os policiais foram ao local citado apurar os fatos e identificaram a carreta. Ela estava em movimento, e por isso, solicitaram que o veículo parasse. O motorista e o carona estavam visivelmente nervosos e se embolavam para responder as perguntas que lhes eram feitas. Os policiais encontraram todo o material durante a revista do veículo. Os suspeitos não transportavam nenhum outro material, apenas a droga”, explica Monteiro.

O delegado contou que o motorista, M.S. era de Goiás, e o carona I.L.F. era de Minas Gerais. “O motorista trabalhava com o transporte de madeira e não tinha nenhuma passagem. Ele estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida e disse ter cometido o crime porque estava com dificuldades financeiras. Durante a prisão, ele alegou que iria receber R$25 mil pelo transporte da droga. Dessa quantia, R$5 mil seriam pagos ao carona, que já tinha passagem por tráfico de drogas”, informou.

O delegado-geral afirmou que a droga serviria para abastecer o comércio ilegal de entorpecentes em Guarapari durante todo o verão. “As investigações continuam, agora com o apoio do Departamento Especializado de Narcóticos, para saber se essa droga também iria para outro balneário e quem são os responsáveis por encomendá-la aqui no estado”, ressaltou.

M.S. e I.L.S. foram indiciados por tráfico de drogas e associação ao tráfico, com agravante do tráfico interestadual e foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV).   O destino final da apreensão será a incineração.

 

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

Agente de Polícia Fernanda Pontes

imprensa.pc@pc.es.gov.br

Texto: Fernanda Pontes

 

Atendimento à Imprensa

Olga Samara - (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111

Patrick Pereira - (27) 3636-9928/ (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

 

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard