07/02/2019 17h52 - Atualizado em 14/02/2019 15h05

Polícia Civil realiza grande apreensão de drogas sintéticas em Vila Velha

A equipe do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) apreendeu, nessa quarta-feira (06), 1115 micropontos de “NBOMe” e 383 comprimidos de “N-etilpentilona”, drogas sintéticas entorpecentes descobertas recentemente. O material apreendido nos bairros Coqueiral de Itaparica e Santa Mônica, ambos em Vila Velha, pode causar severos danos à saúde. E.S.C., de 25 anos, e D.R.G.V., de 21 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

O resultado da operação foi apresentado no auditório da Polícia Civil, em Vitória. Segundo o delegado-geral, José Darcy Arruda, toda semana surgem novas drogas sintéticas criadas com intuito de burlar a Legislação. “Para uma droga ser considerada ilegal, ela precisa constar em uma lista de substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os traficantes buscam elaborar substâncias ainda não catalogadas para, justamente, não serem indiciados por tráfico”, explicou.

O delegado Diego Bermond explicou que as drogas apreendidas eram vendidas como LSD e ecstasy. “Em razão da semelhança física e dos efeitos causados, os dois entorpecentes eram vendidos como drogas que já são conhecidas popularmente. Todavia, os exames periciais confirmaram que, na verdade, tratava-se de novas drogas, que podem ser ainda mais prejudiciais à saúde. O provável destino do material seriam festas que serão realizadas durante o verão”, concluiu.

O chefe do Departamento de Laboratório Forense, Fabrício Pelição, alertou para o perigo do uso de drogas sintéticas. “Os usuários desses entorpecentes não sabem o que estão consumindo. Nossas análises preliminares indicaram que as apreensões não se tratavam de LSD e ecstasy. Nós temos aqui substâncias descobertas muito recentemente, o ‘N-BOMe’ e a ‘N-etilpentilona’, sobre as quais há poucos estudos dos seus efeitos e que, consequentemente, representam um risco ainda maior à saúde”, afirmou.

De acordo com Diego Bermond, a operação foi deflagrada após o recebimento de uma denúncia anônima informando que E.S.C. estava armazenando drogas em sua casa, localizada no bairro Coqueiral de Itaparica, em Vila Velha.

“Chegando ao local, nós identificamos o suspeito, que não apresentou nenhuma resistência à abordagem policial. Ele nos guiou pela casa, onde encontramos parte da droga escondida em alguns sapatos. Foram apreendidos no local 865 micropontos de ‘NBOMe’ e 380 comprimidos ‘N-etilpentilona’. Durante depoimento, o detido alegou que apenas guardava o material e informou que trabalhava como garçom”, contou Bermond.

Em seguida, a equipe policial se deslocou para o bairro Santa Mônica, em Vila Velha. D.R.G.V. foi preso em flagrante com 250 micropontos de “NBOMe”. “O suspeito estava em uma praça do bairro e, durante a abordagem, nós encontramos o material na roupa dele. Durante depoimento ele alegou que o material era para consumo próprio e informou que trabalhava como motorista de aplicativo”, acrescentou o delegado.

Os dois suspeitos foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV) e serão indiciados por tráfico de drogas.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024
Agente de Polícia Fernanda Pontes 
imprensa.pc@pc.es.gov.br

Atendimento à Imprensa

Olga Samara - (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111
Patrick Pereira - (27) 3636-9928/ (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard