17/09/2019 18h15 - Atualizado em 17/09/2019 18h16

Policiais civis de Itapemirim prendem suspeito de sequestrar ex-esposa

A equipe da 9ª Delegacia Regional de Itapemirim efetuou a prisão de dois suspeitos de estarem envolvidos em um sequestro, ocorrido na região de Santo Amaro, no Município. J.A.T., de 19 anos, preso nesse sábado (14), é ex-marido da vítima e T.M.L.C., de 32 anos, detido na sexta-feira (13), auxiliou no crime. Ambos foram presos na localidade de Córrego do Ouro.

“A vítima era monitora de uma van escolar. Quando os suspeitos a sequestraram, ela estava trabalhando. Os detidos ameaçaram o condutor do veículo e a vítima utilizando uma pistola 380 e uma arma branca. Eles pediram para o motorista abandonar o micro-ônibus, retiraram a mulher do local e fugiram a bordo de outro veículo. Ela foi levada para uma mata, onde o ex-marido tinha preparado um cativeiro”, explicou o plantonista da Regional, delegado Thiago Gomes.

O responsável pelas investigações explicou que os policiais receberam a informação sobre o sequestro após cerca de duas horas do início do crime. “Nossa equipe identificou o suspeito e, ao analisarmos os registros policiais, vimos que já tinha uma Medida Protetiva de Urgência contra ele. O detido também responde a dois Inquéritos Policiais por crime previsto na Lei Maria da Penha contra a vítima. O investigado já respondeu a outros processos, quando se envolveu com outras duas ex-companheiras, demonstrando ser uma pessoa cruel, inseguro e de formação machista”, afirmou o delegado.

De acordo com Thiago Gomes, o crime iniciou na sexta-feira (13) e só terminou no sábado (14), o suspeito passou a noite escondido com a vítima. Com as intensas ações policiais, T.M.L.C. não conseguiu fugir com a vítima, que ao ver movimentação policial conseguiu pedir ajuda.  “Em depoimento, o ex-marido da mulher alegou ter feito o sequestro por amor e que ele quis soltá-la, mas que ela preferiu ficar com ele. A vítima foi encontrada em uma mata, levada para o plantão hospitalar, ouvida e conduzida para um local sigiloso e seguro pela autoridade de plantão”, concluiu.

Já a vítima, o delegado informou que em depoimento, ela disse que o suspeito falou que se ela não ficasse com ele, ele ia matá-la e depois se matar. Há um terceiro envolvido no crime, mas que ainda não foi encontrado. O caso segue sob investigação.

J.A.T. foi preso em flagrante pelo crime de sequestro e de posse ilegal de arma de fogo. O ex-marido da vítima, T.M.L.C, foi indiciado por cárcere privado, ameaça a vítima e as testemunhas e descumprimento de medida protetiva.

Os suspeitos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Marataízes.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

Atendimento à Imprensa

Olga Samara - (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111

comunicapces@gmail.com

Camila Ferreira - (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard