29/11/2019 17h40

Projeto “Homem que é homem” é inaugurado em São Gabriel da Palha

Mais um município do Espírito Santo foi contemplado com o projeto “Homem que é homem”. Desta vez o lançamento ocorreu em São Gabriel da Palha e ficará sediado na Delegacia de Polícia (DP) do município. O evento de inauguração se iniciou às 10h, dessa terça-feira (26), na Câmara Municipal da cidade.

O “Homem que é homem”, idealizado pela Polícia Civil (PCES), por meio da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (Div-Deam), desenvolve reflexões com homens autores de violência doméstica, contribuindo à redução da reincidência do crime.

Na inauguração, a responsável pelo projeto, coordenadora da Seção de Projetos Educacionais, Prevenção e Estudo da Violência e responsável pela Delegacia Especializada de atendimento à Mulher (Deam) da Serra, Dra. Natalia Tenório Sampaio realizou uma palestra para apresentação do Projeto.

“Na palestra, nós apresentamos a proposta do projeto, abordamos sobre o que podemos esperar dessa iniciativa e a importância dos servidores, que lidam com a violência doméstica contra a mulher, terem sensibilidade e profissionalismo ao atenderem as vítimas e os seus relatos”, afirmou Natália Tenório Sampaio.

A delegada acrescentou sobre a relevância de expandir o Projeto para outros municípios e sobre a importância de se reeducar os agressores, contribuindo à redução do índice de reincidência da violência contra a mulher em mais regiões do Espírito Santo.

“A importância da expansão do ‘Homem que é Homem’ demonstra o quanto nós estamos nos fortalecendo na nossa articulação de rede, uma vez que a expansão é um resultado exitoso de um diálogo bem feito entre o Estado e o município para o enfretamento da violência contra a mulher. Devemos ressaltar que o processo de expansão do projeto revela a preocupação dos municípios em combater a violência de gênero também pela perspectiva da prevenção”, informou.

Participantes do evento

Compareceram ao lançamento a Chefe da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (Div-Deam), delegada Claudia Dematté; o responsável pela Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Pereira Caliman; o titular da 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, delegado Douglas Trevisani Sperandio; a coordenadora da Seção de Projetos Educacionais, Prevenção e Estudo da Violência e responsável pela Delegacia Especializada de atendimento à Mulher (Deam) de Serra,  delegada Natália Tenório Sampaio; a gerente do Projeto, investigadora Renata Duarte Lima Marchini; e a psicóloga do Projeto, Ana Paula Patrocínio Milani.

Também estiveram presentes a prefeita de São Gabriel da Palha, Lucélia Pim Ferreira Fonseca; a secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Família, Polyana Barcelos; a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Darlen Alves; o comandante da 3ª CIA de Polícia Militar do município, capitão Cleiton José Brito, além de vereadores da Câmara Municipal da cidade e secretários municipais.

Outras inaugurações

No mês de outubro, o projeto “Homem que é homem” foi inaugurado nos municípios de Guarapari, Viana e Montanha. No dia 03 de outubro, o projeto foi lançado nos municípios de Guarapari e Viana. A primeira cerimônia ocorreu em Guarapari, às 10h, no auditório da Secretaria Municipal da Educação, no bairro Sol Nascente. Já em Viana, o evento começou às 14h, no teatro municipal, em Viana Sede. E, no dia 24, foi a vez de ser lançado no município de Montanha, às 10h, no Centro de Referência de Assistente social (Cras).

 

O projeto “Homem que é Homem”

Lançado em 2015 e idealizado por psicólogas e assistentes sociais da Polícia Civil, o projeto “Homem que é homem” foi desenvolvido para contribuir à redução do índice de reincidência de violência contra a mulher. Para isso, homens agressores denunciados nos Distritos Policiais de Atendimento à Mulher são convocados a participar de um ciclo de palestras com temas voltados para a desconstrução de ideias sexistas e machistas, a fim de estimular formas pacíficas de lidar com os conflitos.

As reuniões acontecem uma vez por semana e totalizam cinco encontros, incluindo o de apresentação do Projeto. Esses homens participam de encontros organizados por uma equipe psicossocial da Polícia Civil. O primeiro acontece por meio de intimação judicial. Depois, a permanência e frequência aos demais é voluntária. Em cada um são apresentados conceitos para o desenvolvimento da cultura de respeito e não violência.

Os temas abordados contemplam relações de gênero, formas pacíficas de lidar com os conflitos, identificação e reflexão a respeito das violências nas relações, bem como aspectos relativos à relação familiar, propondo pensar o espaço subjetivo ocupado na família como um lugar democrático de convivência.

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil

Comunicação Interna - (27) 3137-9024

imprensa.pc@pc.es.gov.br

 

Atendimento à Imprensa

Olga Samara - (27) 3636-1536/ (27) 99846-1111

comunicapces@gmail.com

Camila Ferreira - (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693

comunicapces@gmail.com

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard